Marketing, Mindset

O QUANTO VOCÊ E EU ACREDITAMOS NO QUE ESTAMOS FAZENDO?

Esse texto é pra jovens, adultos, idosos, céticos, esperançosos, otimistas, pessimistas. Esse texto é para quem está vivendo em um país mergulhado em crise e dúvidas. Fui surpreendido hoje, no final da tarde pela notícia do Diretor de Jornalismo do Portal em que tenho um programa sobre a maior rede social profissional do mundo (LINKEDIN), com a bombástica noticia, que estou até agora tentando processar, que o meu podcast, gravado há 20 dias, sobre o mesmo tema, “Likedin”, já chegou a 300 mil downolads.

Segundo ele, até o final da semana, se continuar assim, esse será o Podcast mais baixado até hoje. Talvez você esteja se perguntando: “Esse cara vai falar agora sobre o quanto ele é bom e acha que eu tenho que ler isso?” Não é nada disso, minha intenção aqui é mostrar que cada um de nós pode mexer com a vida das pessoas ao redor, toda vez que fazemos aquilo que amamos e nos dedicamos.

O que mais me alegra na noticia que recebi, é que o título do Podcast que gravei, era: “Como utilizar o Linkedin para turbinar a sua carreira e os negócios? Isso é maravilhoso, sabe porque? Eu não faço idéia de quantos desses 300.000 downloads ajudaram pessoas que não estavam sabendo como dar uma guinada em suas carreiras e passaram a ver que existe mais uma  forma de crescerem e se desenvolverem.
Significa também e isso é fundamental pra mim, que além de buscar os meus interesses e aquilo que é bom pra mim e pro meu futuro, estou dando a minha contribuição para que a vida das pessoas ao meu redor,  melhore de alguma forma. Agora, pense na possibilidade de fazer isso com aquilo que você domina, aquilo que mexe com você e que você sabe que pode ajudar os outros.

Quer um conselho? Comece hoje mesmo, dedique-se a ser melhor pra você mesmo e para os outros. Acredito no empreendedorismo e em um novo jeito de se pensar as relações comerciais, patrão e empregado, sócios, parceiros comerciais. Tudo pode ser repensado pra melhor e eu e você, precisamos fazer parte disso.   Artigo escrito por: Daniel Araujo Sócio na Lab in Hands

Author


Avatar